domingo, 7 de dezembro de 2008

vale lembrar

Há um tempo atrás, lendo umas revistas da minha avó, 'Manequim' antiga, achei uma página sobre etiqueta no natal e achei interessante esse tipo de preocupação, então resolvi colocar aqui também algumas dicas:



Como deixar quem é de outra religião à vontade?

Não é porque seu namorado (ou sua namorada) tem outra religião que você não pode chamá-lo para a sua ceia. Respeite se ele preferir não ir. Mas, se ele for, ótimo: basta tomar alguns cuidados simples.

É bom avisar sua família que ele pratica outra religião. Na hora da missa, para evitar que ele tenha que inventar desculpas, sugira que ele vá tomar um ar, assistir televisão ou fazer alguma outra coisa que ele preferir.

Não sou cristão. Como recuso o convite para ir à ceia?

Se você não acredita em Jesus Cristo e não gosta das celebrações de Natal, nada te obriga a participar de uma ceia - mesmo que o convite seja do namorado ou da namorada. A dica da professora de etiqueta Janir Jurado Fraga é que você recuse delicadamente. "Se preferir, você pode dizer que tem outro compromisso na data".

Se eu for, preciso dizer à família dele que sou de outra religião?


Você não precisa falar nada, fique à vontade quanto a isso. Se eles perguntarem e você quiser dizer, diga. Mas lembre-se: o momento é de celebração. Não vá entrar em discussões teológicas no meio da ceia.

Preciso cumprir as tradições mesmo sem acreditar?

As celebrações religiosas só fazem sentido se você acredita nelas. Então, não precisa cumprir as tradições de uma religião que não é a sua. Se eles rezarem, dê as mão também, mas fique em silêncio.

"Na hora da missa, diga que não quer ir e fique na casa lendo uma revista, apenas isso", ensina a professora de etiqueta Janir Jurado Fraga. "Respeito é o mais importante nas regras de etiqueta. E o respeito vem de nós por nós mesmos, em primeiro lugar".

Durante a ceia, me ofereço para ajudar?

Você pode se oferecer para levar algum prato ou para lavar a louça. Mas tem que ser sincero! "Nada pior do que aquela pessoa que diz: "olha, se precisar de algo, estou aqui", porque está na cara que a pessoa não quer ajudar", diz Janir Fraga.

Devo ficar elogiando a casa e a comida do anfitrião?

Se quiser, pode elogiar a decoração, os pratos... mas seja discreto. Há uma diferença grande entre elogio e bajulação.

Durante a ceia, devo me integrar ou ficar mais reservado?

Se você não conhece bem as pessoas que vão estar na festa, é natural se sentir pouco à vontade. Assim como não é nada adequado querer ser o centro das atenções, sumir no fundo do sofá também não é legal. A dica para esses casos é: seja natural, mostre quem você é e não faça tipos.

E se eu não gostar da comida?

Você está de regime ou não gostou da comida. Será que pode recusar a ceia ou abandonar resto no prato? Nesse ponto, a professora de etiqueta Janir Jurado Fraga é enfática: "de jeito nenhum!", diz ela. "Coma tudo, nem que seja para se acabar depois".

A anfitriã é a minha sogra. O que eu levo?

Essa caso é delicado: ninguém quer trocar os pés pelas mãos na hora de agradar justo a sogra! A professora de etiqueta Janir Jurado Fraga sugere que, pela personalidade dela, você saberá se um jogo de taças de cristal agradará mais do que uma blusa.

Janir diz ainda que presentes como bolsas, echarpes e flores caem bem em qualquer situação. "Todo mundo precisa de uma bolsa ou gosta de ganhar flores", completa.

É educado levar um presente para o anfitrião?Sim. Já que a pessoa está preparando uma festa da qual você vai participar, é de bom tom levar um agrado para o anfitrião.

Como apresentar os presentes?

Leve as bebidas e sobremesas embrulhadas e diga que a pessoa pode ficar à vontade para servir no mesmo dia ou guardar para tomar ou beber sozinho depois. Até porque seu vinho pode ser muito melhor do que o que está sendo servindo, ou pior - o que pode causar constrangimento.

E se eu preferir dar flores?

Se levar flores, não leve buquê. Dê a flor em vaso, porque provavelmente a casa já estará enfeitada com flores e pode ser que a dona da casa não tenha mais um vaso. Se preferir, você pode mandar as flores antes ou depois do jantar. Se você não tem intimidade com a pessoa, pode substituir o cartão com dedicatória pelo seu cartão de visitas. Mas se mandar as flores só depois, o mais indicado é mandar junto um cartão de agradecimento.

Quais são bons presentes para quem me convidou para a ceia?

Alguns presentes são neutros e servem como curingas nessas horas: vinhos, flores, bombons, alguma sobremesa requintada, licor... Se preferir, você pode levar uma lembrancinha mesmo. Isso é ótimo quando você conhece bem o anfitrião e sabe que vai acertar na escolha.

O que dar para: amigo-secreto, crianças, sogra e chefe?

Amigo-secreto que eu nem conheço:
Presentes neutros, como carteiras, canetas, vale CDs e vale livros, por exemplo.

Criança:
Deixe a criança feliz, não a mãe dela. Compre brinquedos, claro.

Sogra:
A professora de etiqueta Janir Jurado Fraga aconselha que você tente descobrir mais sobre os gostos dela: se ela gostaria de ganhar algo pra casa, como um jogo de xícaras chinesas, ou se ela preferiria uma blusa, echarpe ou bolsa - que são boas idéias de presentes nesse caso.

Chefe:
O ideal é que todos os funcionários façam uma "vaquinha" e comprem um presente melhor. "Presente caro dado individualmente, nem pensar", sentencia a professora de etiqueta Janir Jurado Fraga. "Assim é que ele não vai aumentar mesmo o seu salário".

Não gosto de amigo-secreto. Sou obrigado a fazer parte?

Se você não quiser participar, é melhor então nem ir à festa. Isso é o que explica a professora de etiqueta Janir Jurado Fraga. "Quem não participa acaba sendo visto como chato, anti-social", diz ela.

E se eu estiver sem dinheiro para participar do amigo-secreto?

Antes do sorteio, é importante estipular um valor médio para que todos fiquem satisfeitos. Por exemplo, definir que todos os presentes devem custar de R$20 a R$30. Então, se você estiver sem grana, compre um presente de R$20.


fonte: http://www.terra.com.br/natal/etiqueta.htm



Como também faz parte da minha profissão, com o tempo vou dar mais dicas de etiqueta social e profissional, qualquer dúvida, elogio, ou sugestão, comentem, responderei assim que possível.

3 comentários:

Gu disse...

Muito boas as dicas cunha! Terei um natal educado! haha xD
=*

Livia disse...

Camila, muito interessante o seu blog! Continue assim!!

Kássia Campanhac disse...

Muito bons conselhos amigaaa... Beijos